Jovem grávida de sete meses é espancada por grupo de mulheres e perde bebê

Policiais
Crédito: Reprodução EPTV

Mãe acha que o companheiro da filha tenha envolvimento nas agressões

   

Jovem de 18 anos e grávida de sete meses foi espancada por um grupo de mulheres e acabou perdendo o bebê, na cidade de Sumaré (SP). A mãe da vítima acredita que o companheiro da filha esteja envolvido no crime.

As agressões ocorreram no sábado (1º) e deixaram a vítima com fraturas no crânio, braços e rosto. Ela também teve perfuração no pulmão e não tem previsão de alta. O feto não resistiu à violência, informou o Hospital Estadual da Unicamp.

Segundo o G1, a jovem contou a mãe que foi abordada na rua e espancada com barras de ferro e pedaços de madeira. Ela dá conta que as agressoras eram mulheres, entre elas a ex-namorada do atual companheiro.

Ainda segundo a mãe da jovem, a filha já foi agredida pelo companheiro, chegou a se separar e morar com ela em outra cidade, mas acabou reatando com ele.

”Hoje eu achei minha filha quase morta no hospital. Quero justiça. Um bebê de sete meses, que estava pronto para nascer, não existe mais, lamentou a mãe.

Fonte: Top Midia News

Please follow and like us:
error