Flamengo atropela o Corinthians em tarde de três gols de Bruno Henrique

Brasileirão Esportes
Bruno Henrique toca a bola sobre Cássio no segundo gol do Flamengo contra o Corinthians Foto: RICARDO MORAES / REUTERS

Depois de um empate esquisito no meio de semana e diante da pressão por vencer para que a distância em relação ao Palmeiras não diminuísse, a resposta do Flamengo foi contundente. Incontestável. A goleada do líder do Brasileirão por 4 a 1 sobre o Corinthians foi de um time que voltou aos trilhos após uma leve perda de fôlego em termos de pontuação. Faltando oito rodadas, estão mantidos os oito pontos de diferença.

O atropelamento rubro-negro tem um responsável principal: Bruno Henrique, autor de três gols. A defesa de um Corinthians em queda livre não conseguiu segurar a locomotiva na qual se transformou o atacante.

Foi covardia o que fez o vice-artilheiro do Brasileirão entre os minutos finais do primeiro tempo e começo do segundo. De tão intenso, a impressão é que Bruno Henrique nem parou para beber água no intervalo e ficou correndo no vestiário para não perder o ritmo.

O Corinthians só foi capaz de marcar quando o caldo já estava entornado — Mateus Vital diminuiu, de cabeça, colocando a bola entre as pernas de Diego Alves.

Mas Vitinho, que entrou no segundo tempo, colocou a cereja no bolo servido pelo Fla no Maracanã. O próximo alvo do rubro-negro é o Botafogo, quinta-feira, no Nilton Santos.

Matematicamente, o Flamengo assegurou presença na Libertadores de 2020. Com 24 pontos em disputa, não pode mais ser alcançado pelo primeiro time fora do G6 – o próprio Corinthians. Mas o que o torcedor quer mesmo é chegar à edição do ano que vem do torneio continental na condição de campeão.

Fonte: Extra.globo

Please follow and like us:
error