Vasco amarga empate de 1 a 1 com o Ceará pelo Campeonato Brasileiro

Brasileirão Esportes
Guarin fez sua estreia como titular do Vasco Foto: Rafael Ribeiro / Vasco

O Vasco mostrou que sabia como fazer gols no Ceará. Pena que só quis marcar um, o que não foi suficiente para vencer pelo placar mínimo no Castelão. Pragmático, teve 20 minutos de bom futebol, viu Rossi balançar as redes, mas recuou tanto que foi castigado pelo gol de Bergson no segundo tempo. O elevador, que não parava de subir com três vitórias seguidas, estagnou no caminho.

Até quando vale a pena jogar apenas para vencer? Com o empate em 1 a1, o time de Vanderlei Luxemburgo ficou com 38 pontos e se manteve na 11ª colocação no Brasileiro. Segue longe da zona do rebaixamento, mas também desperdiça uma chance de ouro para se aproximar mais da zona de classificação para a Libertadores.

Primeiro porque o adversário atravessa fase ruim e seu ataque levava pouco perigo. Segundo porque havia jogadores inspirados em campo pelo lado do Vasco. Rossi, que abriu o placar aos 17 minutos, foi bem. Richard, responsável pelo cruzamento, também. Guarín fez sua estreia como titular e, a despeito da falta de ritmo, foi produtivo em duas jogadas. Mas faltou ímpeto para manter as linhas mais altas em vez de recuar e aceitar a pressão. O Ceará aproveitou e empatou aos 38 minutos.

— Conseguimos um ponto aqui. No segundo tempo, não conseguimos jogar. Nossa única chance foi com o Raul, depois de tomarmos o empate. Lamento por termos saído na frente. O segundo tempo fez com que eles crescessem na partida – afirmou Yago Pikachu, com semblante de decepção.

Na próxima partida, a equipe de São Januário enfrentará o Grêmio quarta-feira, em casa. Será a nova chance de fazer o elevador novamente para subir.

Fonte: Extra.globo

Please follow and like us:
error