Estuprou irmãs e agrediu bebê: Faustão diz que estava sob efeito de drogas

Policiais

Ele vai ficar preso inicialmente por 30 dias e nega ter agredido o bebê

José Maria Rodrigues Pereira, 41 anos, acusado de estuprar e agredir duas irmãs de 13 e 16 anos, afirmou que escolheu a casa aleatoriamente e que estava sob efeito de drogas no momento do crime. Ele foi preso na manhã desta sexta-feira (13).

Conhecido como Faustão, o acusado já foi ouvido na DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente) e deve prestar depoimento formal às 13h. Após isso, seguirá para a Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), onde ficará preso temporariamente por 30 dias. A prisão preventiva também será pedida à Justiça.

Conforme a delegada de plantão Franciele Candotti, José Maria alegou que o intuito inicial era furtar a residência onde as meninas estavam. Ele afirma que optou pelo estupro depois de entrar na casa e ver as irmãs. Ele nega a agressão ao bebê de um ano.

Ao todo, seis pessoas foram ouvidas, incluindo as vítimas, a mãe das meninas, e a esposa do criminoso, que é técnica de enfermagem.

A esposa de Faustão disse que não fazia ideia do estupro. Ela sabia que o marido havia sido condenado e cumpria pena.

O acusado permaneceu agindo friamente e sem demonstrar arrependimentos. O caso ficará a cargo da delegada Anne Karine Trevizan.

Passagem por estupro em 1998

José Maria é conhecido da polícia e tem o perfil violento. Ele possui passagens por furto, roubo e foi condenado pelo crime de estupro de vulnerável em 1998.

Ele chegou a cumprir pena por oito anos em regime fechado e passou para o semiaberto recentemente.

Fonte: Top Midia News

Please follow and like us:
error