Exército destrói 1,8 mil armas irregulares durante Operação Vulcão

Cidades

O Exército Brasileiro destruí, na última quarta-feira (31), 1.825 armas irregulares após ordem do TJMT (Tribunal de Justiça de Mato Grosso). Apesar da ordem ter partido do estado vizinho, a ação aconteceu em Campo Grande e contou com equipes de três batalhões.

Conforme a assessoria de comunicação do 9ª Região Militar, a ação aconteceu por meio do 44º Batalhão de Infantaria Motorizado, e tinha objetivo intensificar o recolhimento e destruição das armas de fogo e munições apreendidas.

A ação contou com o apoio de militares do 9º Batalhão de Engenharia de Combate, do 18º Batalhão de Transportes e da 14ª Companhia de Polícia do Exército, onde foram destruídas 1.825 armas de fogo contribuindo, de forma substancial, para a garantia da integridade da população e a preservação da vida.

Please follow and like us:
error20