Com VAR polêmico, Inter vence Bahia e entra no G4 do Brasileiro

Brasileirão Esportes

O Internacional derrotou nesta quarta-feira o Bahia por 3 a 1 no Estádio Beira-Rio pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mais uma vez, o Colorado confirmou ser praticamente imbatível em seus domínios e mantém 100% de aproveitamento.

Rodrigo Lindoso, Rafael Sobis e D´Alessandro fizeram para os vermelhos, enquanto Fernandão descontou para os baianos. O meia argentino mostrou muita exuberância técnica e acabou sendo decisivo para o triunfo dos colorados.

Com o resultado, o Internacional saltou para o 4º lugar com 16 pontos. E o Bahia caiu para a 7º posição com 14 pontos.

Depois do término da Copa América, o Internacional visita o Palmeiras no dia 10 de julho, quarta, no Allianz Parque pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Pelo Brasileiro o Colorado enfrenta no dia 14, domingo, o Athletico-PR na Arena da Baixada. No mesmo dia o Bahia recebe o Santos na Fonte Nova.

O Jogo – Os donos da casa encontram dificuldades de penetrar no sistema defensivo dos baianos. Aos 15, Nino Paraíba faz bom cruzamento para Arthur Caike, que cabeceou para Fernandão, mas o centroavante não conseguiu alcançar.

Mais uma polêmica envolvendo o VAR no Brasileiro. Aos 21, Rodrigo Lindoso recebeu um cruzamento e mandou para o fundo das redes. A arbitragem havia marcado impedimento. Depois de consultar o recurso eletrônico, o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior confirmou o gol. Muita reclamação por parte dos jogadores do Bahia e do técnico Roger Machado que levou cartão amarelo.

Sem desanimar, os visitantes se soltam para o ataque e acabam dando trabalho à defesa vermelha. No contra-ataque quase o colorado ampliou. Aos 32, Douglas Friedrich saiu do gol para cortar o lançamento em direção à Nico López. Na sequência, Nino escorregou e Sobis mandou direto para o gol. O arqueiro não conseguiu fazer a defesa, mas a bola vai para fora.

Apesar da vantagem, os mandantes não consegue ter mais posse de bola. Já o Tricolor Baiano tocou a bola de um lado para o outro, mas tem dificuldade de entrar na área vermelha. Aos 46, o goleiro do Bahia fez duas grandes defesas em chutes de Nico López e Rafael Sobis. Aos 47, D´Alessandro bateu colocado de cobertura e Douglas faz outro milagre. A resposta baiana veio, aos 48, Moisés cruzou na cabeça de Arthur Caike e Lomba faz defesa segura.

Na etapa inicial foi de muito equilíbrio entre dos dois times. Mas o gol marcado por Lindoso ainda rende discussões e dúvidas por parte dos baianos que não aceitaram a validação do tento.

Os baianos voltam com muita disposição no início do segundo tempo para conseguir a igualdade. Por sua vez, os vermelhos ficam numa posição reativa e apostou em jogadas de velocidade com Sobis e Nico López. Aos 08, D´ale descolou grande passe para Rafael Sobis, que tocou levemente para o gol e mandou para fora.

Passado depois dos 10 minutos, os comandados de Odair Hellmann crescem na partida. Aos 14, Sobis vai lá no alto e cabeceou forte para o gol. Douglas faz uma defesa incrível. Aos 16, Rafael Sobis ficou com uma sobra de bola da entrada da área e bateu fraquinho para o gol. O arqueiro se atrapalhou todo e colocou a bola para o fundo da rede.

Em uma grande atuação o meia D´Alessandro completou hoje 450 jogos com a camiseta vermelha. Buscando descontar o prejuízo, o Bahia se lançou todo para o ataque. Enquanto isso, o Inter esperou na defesa e tentou as jogadas de contra-ataque.

Que bobeira do Inter, aos 32, Lomba ficou indeciso com a bola levantada na área, Arthur Caike faz boa proteção e impediu que o goleiro chegasse na bola. Ele rolou para Fernandão e completou para o fundo da rede. Mas o Colorado não permitiu a reação do Tricolor baiano. Aos 35, D´Alessandro recebeu dentro da área e bateu colocado sem chance para Douglas.

Na reta final da partida, os jogadores do Internacional tratam de administrar o resultado e conseguiram importante triunfo. Após ser substituído por Wellington Silva, D´Alessandro foi aplaudido por todo o estádio. Nos acréscimos, Lucas Fonseca vacilou na frente de Wellington Silva, que ficou com a bola e mandou para o gol. Douglas faz boa defesa.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 3X1 BAHIA

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre-RS
Data: 12 de junho (quarta-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG) auxiliado por Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE) e Clovis Amaral da Silva (PE).
Renda: R$503.765,00
Público Total: 17.153
Cartão amarelo: Victor Cuesta (Internacional),Ramires (Bahia)

Gols: Rodrigo Lindoso (Internacional), aos 21 minutos do primeiro tempo; Rafael Sobis (Internacional), aos 16 minutos, Fernandão (Bahia), aos 32 minutos, D´Alessandro (Internacional), aos 35 minutos do segundo tempo.

Internacional: Marcelo Lomba, Zeca, Roberto, Victor Cuesta e Uendel, Rodrigo Lindoso (Patrick), Edenílson, Nonato e D´Alessandro (Wellington Silva), Nico López (Jonatan Alvez) e Rafael Sobis.
Técnico: Odair Hellmann

Bahia: Douglas Friedrich, Nino Paraíba, Jackson, Lucas Fonseca e Moisés, Flávio (Rogério), Elton, Douglas Augusto (Shaylon) e Eric Ramires, Arthur Caíke e Fernandão.
Técnico: Roger Machado

Fonte: Gazeta Esportiva

Please follow and like us:
error