Porteiro registra boletim de ocorrência contra Najila por ameaças

Brasil

O porteiro do prédio no qual vive a modelo Najila Trindade, que acusa Neymar de estupro e agressão, abriu boletim de ocorrência contra ela. A queixa foi prestada à 6ª DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) na segunda (10), de acordo com o portal R7.

De acordo com o homem de 26 anos, que não teve o nome revelado, Najila o ameaçou ao saber que ele iria prestar depoimento no caso. A modelo afirma que seu apartamento foi arrombado e, neste crime, teriam sido roubadas as imagens que comprovariam o suposto crime de Neymar.

O homem afirma que Naijla teria afirmado: “Sua conversa é comigo, você falou com todo mundo menos comigo, que sou a dona do apartamento. Estou aqui com o meu irmão e com uma galera e você sabe o que é, vai ser melhor para você”.

O funcionário pediu à polícia medidas de proteção da sua integridade física.

Advogado largou caso por falta de provas

Danilo Garcia, ex-advogado de Najila, deixou o cargo na segunda.

Ele não detalhou os motivos específicos para largar o caso, se limitando a dizer que não se sentia mais confortável para o trabalho.

No sábado (8) e mais cedo ainda nesta segunda, Danilo já havia afirmado que deixaria o caso se Najila não apresentasse as provas que afirma ter.

Acusações contra a polícia

Em entrevista por telefone ao SBT, a mulher levantou a possibilidade de a polícia “estar comprada”.

A suspeita manifestada por Najila acontece após investigadores da Polícia Civil realizarem uma perícia em seu apartamento que ela afirma ter sido invadido. Na ocasião, de acordo com ela, foi furtado o tablet rosa que continha a íntegra do vídeo do segundo encontro da modelo com o jogador, em Paris.

Fonte: Yahoo

Please follow and like us:
error