São Paulo volta a jogar mal e fica no zero com o lanterna Avaí

Brasileirão Esportes

O São Paulo não foi páreo para o lanterna do Campeonato Brasileiro. Em uma nova atuação fraca, o Tricolor mostrou pouca inspiração e não passou de um empate por 0 a 0 com o Avaí, na noite deste sábado, na Ressacada, em duelo válido pela oitava rodada do torneio nacional.

O resultado é ruim para ambas as equipes. O time de Cuca, que aumentou o seu jejum para quatro jogos sem vencer no Brasileiro, dorme no sétimo lugar, com 13 pontos ganhos, seis a menos que o líder Palmeiras, que tem um jogo a menos. Já o Avaí, com míseros quatro pontos, ocupa a 20ª e última colocação na tabela.

Pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, a última antes da pausa para a Copa América, São Paulo e Avaí voltam a campo na próxima quinta-feira, às 20 horas (de Brasília). Enquanto o Tricolor visita o Atlético-MG na Arena Independência, o Leão encara o Palmeiras no Allianz Parque.

O Jogo – O primeiro tempo foi de futebol pobre e duro de assistir. Para furar a retranca rival, o São Paulo apostou na troca constante de posição entre os jogadores de frente, mas a medida se mostrou ineficiente, e o time não conseguiu criar chances de gol.

Nas poucas vezes que chegou com algum perigo foi através da bola parada. Aos 11 minutos, Reinaldo cobrou escanteio, e Pato testou para fora. Aos 40, Vitor Bueno bateu tiro de canto pela esquerda, mas Hudson não alcançou na segunda trave.

Para piorar, Everton sentiu a coxa direita e deu lugar a Marquinhos Calazans. O Avaí, por sua vez, levou certo perigo em alguns contra-ataques. Em um deles, Getúlio invadiu a área, mas tentou cortar Hudson e chutou em cima do volante, desperdiçando boa chance.

O segundo tempo começou na mesma toada: o São Paulo com problemas na criação, e o Avaí apostando no erro do rival. Para aumentar o poder ofensivo de seu time, Geninho colocou o meia Luan Pereira no lugar do zagueiro Ricardo. Cuca respondeu promovendo a entrada de Igor Gomes na vaga do apagado Vitor Bueno.

Aos 12, Pato voltou a subir livre na área após cobrança de escanteio, mas novamente errou o cabeceio e mandou pela linha de fundo. Dez minutos depois, Reinaldo voltou a levantar bola na área do Avaí e viu Bruno Alves testar para boa defesa de Vladimir.

Em sua última cartada, Cuca apostou em Everton Felipe e sacou Toró. A alteração, contudo, não alterou o panorama da partida. Reinaldo até fez Vladimir trabalhar em chute cruzado, mas o São Paulo, sem inspiração ofensiva, não conseguiu furar a defesa catarinense

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 0 X 0 SÃO PAULO

Local: Estádio da Ressacada, Florianópolis (SC)
Data: Sábado, dia 8 de junho de 2019
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Jean Marcio dos Santos (RN)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
Cartão Amarelo: Ricardo, Betão, Brenner, Luan Pereira e Igor Fernandes (Avaí); Toró e Tchê Tchê (São Paulo)
Cartão Vermelho:
Gol: –

AVAÍ: Vladimir; Lourenço, Betão, Kunde e Igor Fernandes; Pedro Castro, Ricardo (Luan Pereira) e João Paulo; Getúlio, Caio Paulista (Brizuela) e Brenner (Daniel Amorim)
Técnico: Geninho

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Hudson, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê e Vitor Bueno (Igor Gomes); Toró (Everton Felipe), Alexandre Pato e Everton (Marquinhos Calazans)
Técnico: Cuca

Fonte: Gazeta Esporiva

Please follow and like us:
error