Idosa de 80 anos morre após ser estuprada e espancada em sítio

Policiais

O suspeito teria arrombado os portões do imóvel e rendeu a vítima

Uma mulher, de 80 anos, que foi estuprada e agredida ao ter o próprio sítio invadido em Registro, em São Paulo, não resistiu aos ferimentos e morreu, segundo informações divulgadas pela Polícia Civil nesta terça-feira (21). Um homem, de 31 anos, apontado como autor do crime, está preso.

A invasão ocorreu no sítio localizado na Estrada do Taquaruçu, na área rural da cidade. Segundo a polícia, o homem arrombou os portões do imóvel e rendeu a idosa, que foi abusada sexualmente e, depois, espancada. A vítima foi encontrada pelo marido, que chamou ajuda.

Com quadro clínico grave, ela ficou internada no Hospital Regional de Pariquera-Açu e, após duas semanas, foi liberada. Entretanto, a condição de saúde dela voltou a piorar. A mulher morreu logo após ser atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Registro.

Para a polícia, a morte ocorreu devido às complicações causadas pelas agressões no dia do crime, cuja real motivação não foi informada pela corporação. O homem preso também deverá responder pelo homicídio. O corpo da idosa já foi sepultado no cemitério da cidade.

Crime

O crime aconteceu na noite de 3 de abril no sítio. Um homem arrombou a propriedade e violentou a aposentada, que foi encontrada nua e desacordada pelo marido. Ele acionou a Polícia Militar logo após chegar à residência.

O suspeito fugiu para uma área de mata e foi encontrado seis horas depois. Ele foi encaminhado à delegacia, onde permaneceu preso e à disposição da justiça. O caso foi registrado na ocasião como homicídio tentado e estupro.

Fonte: Top midia News

Please follow and like us:
error