Corinthians bate Athletico-PR alternativo e volta a vencer após três jogos

Brasileirão

Alvinegro recuou após abrir o placar

Neste domingo (19), o Corinthians venceu o Athletico-PR por 2 a 0, encerrando um jejum de três jogos sem vitória e reencontrando um roteiro já conhecido da equipe nesta temporada: futebol defensivo após abrir o placar.

O gol corintiano veio logo aos 13min de jogo, com Vagner Love, que de cabeça marcou seu primeiro tento no Campeonato Brasileiro, após cruzamento de Jadson.

Deste momento em diante, o time de Fábio Carille recuou, convidando o adversário para o seu campo. O Athletico-PR teve mais posse de bola e criou boas chances, mas não conseguiu empatar a partida.

Aos 41 do segundo tempo, Pedrinho aproveitou a falha da zaga e, de cabeça, encobriu o goleiro Caio, dando números finais ao jogo.

Tiago Nunes colocou em campo uma equipe alternativa, com média de idade de 24 anos, poupando titulares para o conta do duelo contra o River Plate na próxima quarta-feira (22), pela Recopa Sul-Americana.

Mesmo assim, o time da casa dominou a partida e chegou a balançar as redes em dois lances -uma com Braian Romero e outra com Thonny Anderson-, ambos anulados por impedimento, confirmado pelo árbitro assistente de vídeo (VAR).

Foram 20 finalizações atleticanas contra quatro corintianas. Cássio ainda teve que fazer diversas defesas importantes para garantir a vitória paulista.

Com o resultado, o Corinthians sobe para a oitava posição da tabela (8 pontos) e volta a vencer após os empates contra Vasco e Grêmio e a derrota para o Flamengo. Na próxima quinta-feira (23), a equipe volta a campo pela Copa Sul-Americana, contra o Deportivo Lara.

Pelo Brasileiro, o próximo compromisso é o clássico contra o São Paulo, no domingo (26) em seu estádio.
Já o Athletico, após o duelo contra o River, volta a campo pelo Brasileiro também no domingo, contra o Flamengo fora de casa.

ATHLETICO
Caio; Madson, Robson Bambu (Khellven), Lucas Halter e Márcio Azevedo; Rosetto, Léo Cittadini e Tomás Andrade (Vitinho); Thonny Anderson (Bruno Nazário), Braian Romero e Marcelo Cirino T.: Tiago Nunes

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Júnior Urso, Ramiro (Richard) e Jadson (Pedrinho); Mateus Vital (Gustavo), Vagner Love T.: Fábio Carille

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba
Público/renda: 19.409 / R$ 612.385,00
Juiz: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ)
Assistentes: Michael Correia e Thiago Correa Farinha (RJ)
Cartões amarelos: Cássio, Ralf, Jadson e Junior Urso (COR); Lucas Halter (CAP)
Gols: Vagner Love, aos 13 min do 1º tempo; e Pedrinho, aos 41 min do 2º tempo

Fonte: Correio do Estado